Geralmente quem busca um rafting pelo interior do Grand Canyon deve reservar entre 3 e 21 dias da agenda para o tour completo de 279 milhas no Rio Colorado, porém, para os aventureiros que desejam ter esta experiência e não tem tanto tempo assim a Hualapai River Runners proporciona uma pequena viagem de um dia em algumas das águas mais famosas do mundo.

O rafting pelo Grand Canyon com a empresa Hualapai River Runners tem como ponto de encontro o Hualapai Lodge na Histórica Rota 66 em Peach Springs, nos hospedamos neste charmoso hotel e contamos tudo aqui: comerdormirviajar.com/hualapai-lodge-peach-springs-az-eua

Por volta das 8:00 um ônibus da empresa sai de frente do lodge com destino ao Diamond Creek no Rio Colorado, que fica a 18 milhas (29 Km) de Peach Springs. Geralmente os caminhões que transportam os botes também partem do Hualapai Lodge, despertando a adrenalina e as emoções dos turistas.

O caminho até o rio é por uma estrada de terra muito rústica e acidentada o ônibus balança bastante e é praticamente impossível dormir no trajeto, portanto, vá para cama cedo no dia anterior e guarde as energias para o rafting, desta forma você poderá aproveitar as belas paisagens enquanto desce pelos paredões do Grand Canyon e, se tiver sorte, encontrará alguns animais selvagens no percurso.

A Hualapai River Runners é a única empresa autorizada a fazer o rafting de apenas um dia no Grand Canyon. Estes passeios só são disponibilizados entre março e outubro e acontecem em botes motorizados especialmente desenvolvidos para as águas do Rio Colorado, com capacidade para até oito pessoas.

São vários pacotes disponíveis para compra, você pode verificar as opções e preços atualizados no site oficial: grandcanyonwest.com/tickets.htm

Nós optamos pelo tour de um dia chamado de One-day Whitewater Adventure. Rafting pelo Rio Colorado em um trajeto de 40 milhas (cerca de 65 Km) entre os paredões inferiores do Grand Canyon.

Dica: Os banheiros são raros neste passeio, utilize o toalete no Diamond Creek, o próximo será só daqui a algumas horas.

Todos os pilotos e guias são índios da tribo Hualapai que conhecem como poucos o Rio Colorado e passam o tempo todo do passeio contando histórias sobre a cultura deste povo ancestral, seus rituais e sobre o próprio Grand Canyon.

Depois de recebermos as primeiras instruções e nos equiparmos com coletes salva-vidas, partimos para a aventura. As primeiras 10 milhas (16 Km) são de contemplação total: Águas calmas e visual estonteante.

O calor é intenso, e como nosso tour foi no mês de julho a umidade relativa do ar estava em cerca de 9%. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o nível ideal de umidade no ar para o organismo humano fica entre 40% e 70%.

A temperatura da água é em média 4°C durante todo o ano. No verão é ótimo quando nos molhamos nas corredeiras, o que ameniza o calor e a umidade do ar, já nos meses de março, abril, setembro e outubro recomendamos que você vista-se em camadas e possa controlar melhor a temperatura do seu corpo vestindo e tirando algum casaco. O sol do Arizona queima muito independente da época do ano, portanto, o protetor solar, chapéu e protetor labial é indispensável.

Montamos o gráfico abaixo para mostrar as temperaturas médias no interior do Grand Canyon West e as precipitações nos meses em que o rafting é feito:

Temperatura Máxima Temperatura Mínima Chuvas
Março 21,1°C 7,7°C 16,7mm
Abril 31,6°C 13,3°C 9,6mm
Maio 31,6°C 15,5°C 5,5mm
Junho 38,3°C 21,6°C 9,6mm
Julho 41,1°C 26,1°C 19,8mm
Agosto 38,3°C 23,3°C 30,9mm
Setembro 35,5°C 21,1°C 10,9mm
Outubro 30°C 15°C  12,4mm

 

A primeira parada do grupo foi na Travertine Cavern Falls, um dos tesouros escondidos do Grand Canyon. Depois de uma caminhada curta de dificuldade moderada tivemos que escalar as pedras íngremes através de cordas, esta parte do passeio tem dificuldade média e muita adrenalina. A caverna leva até uma fonte subterrânea que emerge através das pedras formando uma linda cachoeira.

Esta é a parada onde os guias servem o almoço, que acontece na pequena praia junto aos botes. Geralmente são servidos sanduíches e água, refrigerantes ou sucos. Nossa dica é comunicar todas suas restrições alimentícias no momento da reserva deste passeio para que o pessoal possa se preparar e levar um lanche especial. Aproveite para levar barrinhas de cereais ou outros lanchinhos fáceis para não passar fome no percurso. Bebidas alcólicas não são permitidas.

Logo após sairmos novamente surgem as primeiras corredeiras e um pouco mais de emoção. Em uma escala de 1 a 10 estas corredeiras são nível 4 e durante todo o trajeto passamos por corredeiras de escala máxima 7, ou seja, indicada para toda a família, independente da idade.

Ao observarmos o Rio Colorado de cima, através dos mirantes incríveis no Grand Canyon West, o rio nos pareceu muito calmo, mas aqui, neste momento, sentimos toda a vida e energia que vem das forças destas águas.

Leia também: comerdormirviajar.com/grand-canyon-west-skywalk-hoover-dam-hualapai-ranch

Depois das corredeiras ficamos um tempo flutuando calmamente até chegarmos ao Quartermaster, o ponto onde descem e decolam os helicópteros que fazem um tour pela parte interna do Grande Cânion. Alguns barcos ficam à espera dos turistas para um rápido passeio no Rio Colorado.

Nós optamos somente pelo rafting para aproveitarmos ao máximo o rio, mas a Hualapai River Runners tem pacotes onde os turistas terminam aqui o passeio pelo rio e seguem de helicóptero até o Grand Canyon West. 

Depois de mais alguns quilômetros navegados por entre os paredões que chegam a alcançar 1.600 metros de altura paramos em um espaço onde não dá pra ver nada além de um pouco de vegetação, entramos no mato e desaparecemos por uma trilha. No final, uma surpresa belíssima, a Emery Falls, uma cascata com água gelada para nos refrescar.

Para nós, um dos momentos mais emocionantes foi ver por um ângulo inusitado as construções incríveis como o Eagle Point, The Skywalk e o Guano Point, é impressionante como estes pontos ficam mais altos ainda quando vemos de baixo.

Nosso passeio durou cerca de 8 horas e o ponto final foi o Lake Mead Pearce Ferry. O Shuttle Bus espera para levar o grupo de volta à Peach Springs que fica a 120 milhas dali, 195 Km, então prepare-se para uma viagem com cerca de 2:30, destas, quase uma hora é por estradas de terra. Se você conseguir se manter acordado verá paisagens inesquecíveis e lindas florestas de Joshua Tree.

O que levar para o Grand Canyon Rafting:

>Roupa de secagem rápida, aquelas com material bem leve, ideais para esportes de aventura;
>Chapéu com viseira e alça para não sair voando quando o bote parte em alta velocidade;
>Jaqueta corta-vento ou impermeável, para uso nas corredeiras
>Calçados especiais para trilha ou tênis bem confortável
>Óculos de sol
>Meias extras e toalha para uso depois do passeio (pode deixar no ônibus ou levar em uma mochila pequena).

Tenha bastante cuidado com as câmeras fotográficas e celulares, todas devem ter correias e ficar bem presas ao corpo. Recomendamos deixar estes equipamentos em uma bolsa impermeável e só retirar quando for utilizar. O bote é equipado com Ammo Can (caixa de metal à prova d’água), vale a pena deixar a câmera e celular guardados lá quando não for utilizar por longos períodos.

Dica final: Leve dinheiro junto (em espécie), é costume dar gorjetas ao piloto do bote e aos guias acompanhantes. Recomendamos guardar seu dinheiro envolto em plástico para não correr risco de molhar.

Nossa experiência de rafting pelo Grand Canyon foi transformadora. É extremamente cansativo ficar literalmente cozinhando por horas em um calor extenuante com baixíssima umidade relativa do ar, praticamente na mesma posição dentro de um bote, mas ao mesmo tempo é incrível passar por esta prova de resistência e voltar com as memórias e histórias ensinadas pelos índios Hualapai.

Recomendamos este tour para todos que desejam ir além dos programas tradicionais no Grand Canyon West.

Não perca todas nossas matérias sobre a região neste link: comerdormirviajar.com/tag/arizona

Você encontrará nossas fotos no instagram.com/comerdormirviajar
Para ver tudo o que postamos nesta viagem basta buscar pela tag #CDVTripGCW

Hualapai Lodge – Concierge of Hualapai River Runners
900 AZ-66
Peach Springs
Arizona – USA
+1 888 868 9378 / +1 928 769 2636
grandcanyonwest.com/hualapai-river-runners-and-colorado-river.htm

Mais uma experiência inesquecível em nosso álbum: Mãos Pelo Mundo.

Comentários pelo Facebook
728x90

11 COMENTÁRIOS

  1. oi, gosto do seu trabalho, estou programando minha viagem para daqui uns dias, esta matéria me ajudou :D.

  2. Gosto muito de viajar, mas percebo que necessito me aprimorar e as dicas que encontro no Comer. Dormir. Viajar. são muito úteis! Valeu, obrigada.

  3. Hi admin, i must say you have hi quality posts here.
    Your website should go viral. You need initial traffic
    boost only. How to get it? Search for: Mertiso’s
    tips go viral

  4. Eu já estive aí, adorei, a matéria está fazendo juz à esta linda experiência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here