Neste post vamos contar um pouco sobre nossa viagem de carro pelos arredores de Las Vegas e alguns dos destinos indispensáveis para quem deseja uma imersão na cultura Hualapai através do Grand Canyon West.

Nossa road trip pelo centro-sul dos Estados Unidos, partindo de Las Vegas em direção à estrada mais famosa do mundo, a Route 66, começou com uma rápida visita a Hoover Dam.

A represa é um ícone americano, já foi cenário de muitos filmes e fica localizada a apenas 33 Milhas (54 Km) de Las Vegas, exatamente na fronteira entre os estados de Nevada e Arizona.

O caminho até lá é bem simples, basta jogar no GPS “Hoover Dam” que não terá erro, ainda mais que as estradas norte-americanas desta região estão em excelentes condições de rodagem.

Antes de chegar à represa passamos pela turística Boulder City que foi criada para abrigar os trabalhadores da época da construção, na década de 1930, e hoje é uma charmosa cidade que conta com um museu dedicado exclusivamente à Hoover Dam.

Passear pela área externa da construção é totalmente gratuito e muito fácil, existem estacionamentos cobertos pagos, mas o grande espaço aberto do estacionamento é free.

É incrível caminhar sobre a Hoover Dam e ter as águas do Rio Colorado (o mesmo rio que forma o Grand Canyon) represadas de um lado, um gigantesco precipício de concreto do outro e ao fundo da cena a imponente Mike O’Callaghan-Pat Tillman Memorial Bridge, a ponte com mais de 600 metros de comprimento e 260 metros de altura.

A represa é responsável pelo suprimento de água e energia elétrica para os estados de Nevada, Arizona e Califórnia além de ter originado o Lake Mead, o maior reservatório em volume de água dos Estados Unidos.

Existem dois tours com visitas monitoradas pelas instalações que não chegamos a fazer, entretanto, recomendamos a todos que tenham mais tempo disponível. Os valores ficam entre US$ 15,00 e US$ 30,00 e duram de 30 minutos a 2 horas passando pelas instalações internas e área de geração de energia.

A estrutura de entorno da Hoover Dam possui lanchonetes, banheiros de uso gratuito e lojas de souvenires.

Continuamos pela US-93 até o pitoresco Arizona Last Stop, uma das paradas mais satíricas da rota para a enigmática Área 51, onde os americanos supostamente mantém discos voadores e aliens que caíram na Terra.

Aqui funciona um restaurante, um Outdoor Shooting Range, estandes de tiro ao ar livre onde inclusive crianças podem disparar metralhadoras e armas de alto calibre e também uma arena de Monster Truck e destruição de carros.

Visitar este espaço é como entrar num mundo paralelo ambientado no velho Oeste americano onde as coisas funcionam completamente diferente do que estamos acostumados no Brasil.

Dica: Você precisa fazer uma compra na loja ou comer no restaurante para utilizar os banheiros do Arizona Last Stop, ou seja, não vale uma parada se for somente para ir ao toalete.

Seguimos até Peach Springs ignorando completamente as inúmeras opções de acesso ao Grand Canyon West e nos hospedamos no Hualapai Lodge para podermos passar um dia completo curtindo esta região.

Ao contrário do que se imagina o parque não está do ladinho de Las Vegas, a borda sul do cânion fica cerca de 210 Km de distância da cidade, por isto que alguns turistas reclamam que as viagens de bate-e-volta em ônibus ou vans são cansativas e não valem muito a pena, já que o tempo para passear lá é bem menor do que o tempo gasto com o trajeto. Hoje a única forma que compensa a viagem Las Vegas / GCW / Las Vegas em um mesmo dia são os tours de helicóptero.

A estrada para o Grand Canyon West é fantástica, emoldurada por uma série de montanhas e paisagens típicas do deserto. A dica é parar nos mirantes (são todos bem sinalizados) para tirar lindas fotos, principalmente na Diamond Bar Road.

Chegando no Grand Canyon West todos devem deixar seus carros no estacionamento e seguir para uma tenda branca (enorme) onde fica o setor de informações, banheiros, loja de souvenir e venda de ingressos. São dois tipos básicos de tickets:

Hualapai Legacy: Ingresso ao parque e todas as áreas de uso comum.
Legacy Gold: Ingresso com direito a uma refeição em qualquer restaurante do parque e entrada no Skywalk.

Todos os valores atualizados de ingressos podem ser verificados diretamente no site oficial: grandcanyonwest.com/tickets.htm

O transporte no Grand Canyon West é feito em um ônibus do próprio parque que passa a cada 15 minutos. São três pontos básicos de parada com tempo livre para explorar cada um deles: Eagle Point, Guano Point e Hualapai Ranch.

O Eagle Point é a atração mais movimentada no parque, são vários mirantes incríveis, vertiginosos e totalmente livres de qualquer tipo de proteção. É aqui que fica o famoso Grand Canyon Skywalk, a plataforma de vidro transparente que se distancia 21 metros das muralhas do cânion e permite que os visitantes “flutuem” a 1.200 metros de altura.

Esta é uma experiência única e impossível de mensurar através das fotografias. A estrutura é magnífica, antes de entrarmos no Skywalk propriamente dito passamos por um museu que mostra todos os passos da construção.

É proibido portar câmeras e celulares na travessia, todos pertences pessoais ficam guardados no prédio principal e fotógrafos credenciados do Grand Canyon West capturam as imagens dos turistas. Os valores para compra das fotos são salgados US$ 15,00 para cada foto impressa e US$ 89,00 para um cd com todas as imagens.

Outra parada imperdível do Grand Canyon West é o Guano Point, o ponto mais alto do parque. Aqui existia antigamente uma mina de guano, material rico em nitrogênio proveniente das fezes de morcego que é utilizado como fertilizante.

Um elevador para acesso às cavernas de guano existentes no outro lado do Rio Colorado foi abandonado neste local, hoje este esqueleto gigante de metal é um ponto turístico.

Esta parte do parque tem uma linda vista panorâmica do Grand Canyon e é um dos melhores lugares para ver o Rio Colorado e suas curvas.

A parada final, Hualapai Ranch, é uma cidade clássica do velho oeste reconstruída, tem de tudo ali, desde o saloom que serve comida típica americana até a cadeia com xerife e tudo mais. Aulas de laço, hipismo e até aulas de tiro (com armas falsas) são disponibilizadas.

O Hualapai Ranch também possui hospedagem, os turistas que desejarem passar algumas noites ali terão uma vista única do Grand Canyon além de observarem os rochedos em todos os horários do dia e suas variações de luz. Um acampamento de cowboys do local leva os hóspedes por passeios em trilhas exclusivas.

Visitar o Grand Canyon West e a Hoover Dam é uma experiência única que merece fazer parte de todos os roteiros pela região. Nunca esqueceremos das vistas fantásticas de uma das obras mais incríveis da natureza, lindas estradas que cortam o deserto e construções que nos deixaram impressionados.

Não perca todas nossas matérias sobre a região neste link: comerdormirviajar.com/tag/arizona

Você encontrará nossas fotos no instagram.com/comerdormirviajar
Para ver tudo o que postamos nesta viagem basta buscar pela tag #CDVTripGCW

Grand Canyon West
Eagle Point Rd
Peach Springs
Arizona – USA
+1 888 868 WEST / +1 928 769 2636
grandcanyonwest.com

Comentários pelo Facebook
728x90

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here