Um tour pela Olivícola LAUR e Acetaia Millan nos leva por uma história de coragem e coração. Uma experiência onde aromas e sabores únicos despertam todos nossos sentidos.

A Olivícola Laur é a mais antiga e mais premiada da Argentina. Foi criada em 1906 por Don Francisco Laur, imigrante francês e pioneiro no cultivo de azeitonas e produção de óleo no departamento de Maipú em Mendoza.

No caminho até a produtora de azeites pudemos entender um pouco mais do porquê que esta área é conhecida como Ruta del olivo, um caminho com olivais, moinhos e diversos fabricantes que se beneficiam do clima temperado e excelente água proveniente do degelo da Cordilheira dos Andes.

É necessário agendar previamente as visitas guiadas pela Olivícola Laur (o contato está no final desta matéria), eles atentem de segunda a sábado das 10:00 às 18:00 e o valor do tour mais degustação dos produtos custa AR$ 100,00 (cerca de R$ 22,00 em 05/2017).

Com a missão de tornar-se líder na indústria mundial a Olivícola Laur vem acumulando grandes prêmios em diversas competições pelo mundo. Somente no ano de 2016 foram 27 prêmios em 5 concursos atingindo o oitavo lugar no AVOO World ranking.

O passeio começa pela visita à plantação de oliveiras centenárias onde aprendemos que as frutas verdes e pretas vem da mesma árvore (as pretas são maduras) e a mesma tem capacidade de produzir cerca de 200 quilos de azeitona por ano, o que justifica o preço alto das garrafas já que são necessários de 8 a 10 quilos de azeitona para produzir um único litro de azeite.

O próximo passo é conhecer a fábrica de azeites, aprender como o afrodisíaco Extra Virgem é produzido e como as características específicas de produção conferem a identidade única do terroir de Mendoza.

O caminho segue entre os equipamentos antigos que não estão mais em uso. A estrutura é super conservada e as máquinas permanecem em ótimo estado. As tecnologias italianas e dinamarquesas dividem espaço com as prensas que vieram da Espanha.

Nosso guia Gabriel Guardia explicou com diversos exemplos todo o método centrifugado contínuo que é utilizado atualmente para produção de mais de 450 mil garrafas de azeite por ano.

A alta qualidade dos produtos da Olivícola Laur é, em parte, atribuída a colheita de “ordenho” realizada integralmente de forma manual, sem utilização de nenhum tipo de equipamentos ou máquinas. Após extraído, o óleo das azeitonas permanece em tonéis de alumínio para a decantação de resíduos por cerca de 2 meses e meio.

também tivemos tempo para apreciar o Museo del Olivo e as peças que remetem ao início do século XX bem como lembranças da família Laur que hoje é proprietária de muitas empresas, entre elas a Bodega Los Toneles e a rede Atomo, com centenas de supermercados espalhados pela Argentina.

A próxima parada foi na fábrica de Aceto Balsámico Original, inaugurada em 2013 e que terá sua primeira produção finalizada somente em 2029.

O espaço foi inspirado nos templos gregos com cada detalhe cuidadosamente executado. Aqui aprendemos os segredos da história e desenvolvimento do método produzido em Modena na Itália desde a Idade Média. Em 2029 a Acetaia Millan se tornará a primeira empresa a engarrafar aceto balsâmico IGP no hemisfério sul.

O processamento do aceto balsâmico original tipo Modena se inicia à partir da seleção de uvas Trebbiano (Ugni Blanc) com as quais é preparado um cozido que causa a fermentação do açúcar e acético, depois o preparado vai para repouso em barris Garbellotto para garantir que o produto encontre as condições ambientais adequadas, este processo leva 15 anos e ocorrem quatro substituições de barris no período.

Depois de tantas informações chegou a hora de seguir até a loja para a degustação dos produtos que é super livre e muito bem servida com pães caseiros, patê de azeitona verde e de azeitona preta, tomate seco (reidratado em azeite Laur), azeitonas em conserva, uvas passas (roxas e brancas) e os melhores azeites de oliva e aceto balsâmico produzidos na Argentina.

Geralmente são servidos 5 rótulos de azeite de oliva, todos extra virgem e com teor de acidez menor que 0,5%, óleos delicados e expressivos, com fundo verde, notas frutadas de intensidade média e sensações herbáceas.

São tantos produtos gostosos, de alta qualidade e com preços bem abaixo do praticado no Brasil que é impossível resistir, saímos com várias sacolas para presentear os mais queridos.

Indicamos um tour pela Olivícola LAUR e Acetaia Millan para todos que desejam ir além das tradicionais rotas do vinho. Esta é uma experiência única para os amantes da boa gastronomia e uma das melhores visitas em Maipú.

Não perca todas nossas matérias sobre a região neste link: comerdormirviajar.com/tag/mendoza

Você encontrará nossas fotos no instagram.com/comerdormirviajar
Para ver tudo o que postamos nesta viagem basta buscar pela tag #CDVTripMendoza

Olivícola LAUR
Videla Aranda 2820
Distrito Cruz de Piedra
Departamento de Maipú
Provincia de Mendoza, Argentina
+54 261 499 0716
olvlaur.com

Comentários pelo Facebook

728x90

1 COMENTÁRIO

  1. Olá! Para falar a verdade só estava esperando vcs irem lá,para saber se valia a pena…e pelo que vi é ótimo! obrigada pela dica!:o)

  2. Cada vez que volto ao blog Comer. Dormir. Viajar. encontro um lugar legal, continuem nos mostrando tudo que há de bom neste mundão de Deus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here