Encontramos no Papiamento Restaurant funcionários sorridentes e a gastronomia típica de Aruba servida em meio a um oásis romântico rodeado pela natureza, quer saber dos detalhes?

Você já deve ter notado através de nossos muitos posts que Aruba é uma “meca gastronômica” para todos os gostos e todos os bolsos. O país tem a melhor estrutura de restaurantes das ilhas ABC – Aruba, Curação e Bonaire – e preza pela diversidade de bandeiras em suas cozinhas.

Hoje vamos falar de um lugar que optou por se dedicar a alta gastronomia, mas com a bandeira local, tanto que traz em seu nome a maior expressão cultural de Aruba, o Papiamento, a língua natal e o idioma mais falado entre os moradores da ilha.

Confesso que na primeira vez que ouvi alguém falando papiamento fiquei sem entender nada apesar de jurar que tinha entendido alguma coisa, e acho que esta sensação também é compartilhada com muitos outros viajantes já que o idioma traz a influência da língua holandesa, português de Portugal, muitas palavras em inglês, espanhol e algumas expressões em Francês. É justamente esta mistura de culturas que torna este povo tão especial.

O Papiamento Restaurant está localizado na área mais pacata de Noord a cinco minutos de carro de Palm Beach e ocupa um prédio que faz parte da herança patrimonial da ilha, uma “mansão cunucu” (típica sede de fazendas em Aruba) construída em 1886 e totalmente restaurado pela família Ellis para se tornar um restaurante fino e intimista e atender os comensais como se estivessem em uma festa particular na propriedade. Na placa de entrada está escrito “Bon Bini” ou “Bem Vindo”

Assim que cruzamos o pórtico destacado entre os paredões de pedra já pudemos entender o motivo de o Papiamento Restaurant ser o vencedor do “Best Aruban Ambiance and Outdoor Dining” e ostentar orgulhosamente o selo de membro da The Confrérie de la Chaîne des Rôtisseurs.

O caminho romanticamente iluminado no jardim nos leva através de uma experiência sensorial até a mesa de recepção, as fotos simplesmente não fazem justiça e não conseguem expor a música, o cheiro da plantas, a brisa tropical e a linda lua cheia que enfeitava o céu, neste momento tivemos a sensação de protagonizarmos um filme de época.

As mesas ficam ao ar livre, geometricamente posicionadas em volta da grande piscina e em meio ao jardim com vários “pontos secretos” que levam até a cozinha, ao bar e ao toilette. 

São os toques pessoais que fizeram o ambiente do Papiamento Restaurant tão maravilhoso, tudo é natural e verdadeiro, desde as flores dos arranjos até os utensílios europeus antigos que fazem parte do acervo da propriedade. Os telhados inclinados levam a preciosa água da chuva até as cisternas, esta mesma água é utilizada para manter vivo o oásis.

O menu é bem completo, com letras grandes e uma boa explicação dos pratos em inglês (padrão de Aruba). Na carta eles deixam claro que “a comida é cuidadosamente preparada com temperos e ervas locais”. A gastronomia da ilha na verdade é uma fusão entre os pratos dos indígenas caribenhos tradicionais e as principais influências de seus conquistadores, principalmente os holandeses.

O Couvert chegou com uma curiosa formação de pães caseiros empilhados acompanhados de manteiga com ervas.

Para entrada não tem nem o que pensar, é consenso geral na ilha que o Papiamento Restaurant tem a melhor preparação do prato mais tradicional de Aruba, o Keeshi Yena.

A receita da familia Ellis para esta espécie de lasanha leva lombo picado e pedaços de frango cozido com ameixas secas, passas douradas, azeitonas e castanhas de caju grelhadas com queijo Gouda holandês. Este prato é absolutamente repleto de sabores, você tem que experimentar! – US$ 18,75 (cerca de R$ 60,00 em 02/2017) –

Experimentamos também o Cream of Mushroom, uma sopa de cogumelos frescos cultivados na ilha, gratinados com ervas. Estava primoroso, denso e intenso como deve ser. – US$ 9,00 (cerca de R$ 29,00 em 02/2017) –

Acredito que o público que mais se apaixona ao vistar o Papiamento Restaurant são os amantes do vinho, principalmente após visitar a Cas di Binja (casa de vinhos na língua local) também chamada de “wine vault” pelos proprietários, uma adega onde você pode escolher sua garrafa ou até mesmo reservar o espaço para um jantar “mais do que especial”. São cerca de 1800 garrafas com pérolas de safras raras ao redor do mundo.

Nós optamos por um Fiorini Moscato Aromatico Dolce, espumante produzido em Barchi na Itália com uvas moscatel, aromático e de sabor ácido. – US$ 46,00 (cerca de R$ 147,00 em 02/2017) –

Para quem prefere drinks, cocktails, cervejas ou outras bebidas pode ficar tranquilo, o bar do Papiamento Restaurant é super completo e tem muitas opções, inclusive a caipirinha brasileira.

No menu “Cold Appetizers” o escolhido foi Tuna Tartare, atum temperado com limão e óleo de gergelim acompanhado de maionese de wasabi, frutas vermelhas e sementes torradas. – US$ 16,75 (cerca de R$ 54,00 em 02/2017) –

Do menu “From the Grill” pedimos Grilled Rib Eye. O cardápio deixava claro: Nosso corte de rib eye não é aparado, é grelhado com sua “própria gordura” e apresentado com mostarda coarse cognac mustard, mesmo assim ficamos genuinamente impressionados quando o prato chegou, ainda não havíamos experimentado um rib eye inteiramente coberto com mostarda, muito menos acompanhado com melancia e purê de batata doce. Resultado: Adoramos este “filé de costela” à moda caribenha! – US$ 44,75 (cerca de R$ 143,00 em 02/2017) –

Experimentamos também o West Indies, camarões caribenhos frescos em molho de leite de coco. – US$ 30,50 (cerca de R$ 97,00 em 02/2017) –

Apesar de Aruba ter clima árido de semi-deserto (com muitos cactos e arbustos) e receber míseros 250 a 500 mm de chuva por ano, fomos presenteados com uma rápida pancada de água no início do jantar, o que não atrapalhou em nada a experiência e ainda nos mostrou a agilidade e eficiência dos funcionários do Papiamento Restaurant que rapidamente “sacaram” os guarda-chuvas dos vasos de terracota e cobriram todos os clientes.

Se você ficou com medo de ser surpreendido pela chuva é só reservar uma das várias salas climatizadas decoradas com elegância européia e ter seu jantar entre as raras antiguidades trazidas principalmente da Holanda.

Quando estiver deixando o Papiamento Restaurant você aprenderá mais um termo na língua local “Masha Danki”, “Muito Obrigado”.

Jantar no restaurante mais tradicional de Aruba é viver uma experiência única no Caribe, não é só o jardim exuberante, a piscina turquesa e as lamparinas balançando nos galhos das árvores, vai muito além do cenário mágico, é uma refeição para se demorar, para tentar descobrir cada nuance de sabor e criar novos registros na sua memória gastronômica estreitando sua relação com a Ilha da Alegria.

Não perca todas nossas matérias sobre o Aruba neste link: comerdormirviajar.com/tag/aruba

Você encontrará nossas fotos no instagram.com/comerdormirviajar
Para ver tudo o que postamos sobre o Aruba basta buscar pela tag #CDVTripAruba

Papiamento Restaurant
Washington, 61
Noord – Aruba – Caribe
+297 594 5504
papiamentoaruba.com

Mais uma deliciosa descoberta em nosso álbum: Mãos Pelo Mundo.

Comentários pelo Facebook

728x90

4 COMENTÁRIOS

  1. Adorei esse blog emocionante!Vc viaja pelo mundo mesmo? Quero ser como vc!Amo viajar e quero conhecer gramado… as suas dicas foram muito uteis

  2. Gosto muito de viajar, mas percebo que necessito me aprimorar e as dicas que encontro no Comer. Dormir. Viajar. são muito úteis! Valeu, obrigada.

  3. Esbarrei no seu blog sem-querer-querendo por uma das minhas andanças nesse mundão virtual, e vou te contar: ADOREI!

  4. Olá! Para falar a verdade só estava esperando vcs irem lá,para saber se valia a pena…e pelo que vi é ótimo! obrigada pela dica!:o)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here