O Trekking de Guatín e Termas de Puritama é uma experiência única, consideramos a melhor forma de estabelecer um laço intenso com a natureza selvagem do Deserto do Atacama.

A proposta deste tour é fazer um trekking na Quebrada de Guatín junto á natureza no interior do cânion chegando até as Termas de Puritama, as piscinas naturais quentinhas na nascente do rio.

O trajeto de 7 km é feito com cerca de 2 horas de caminhada em altitude variando entre 3.000 e 3.200 metros acima do nível médio do mar. É um trekking de nível iniciante, indicado para a grande maioria de turistas que visitam San Pedro de Atacama, onde basicamente se caminha por uma trilha de pedras irregulares em um ambiente que mais parece um filme de aventura.

Nosso tour foi realizado com a Ayllu Expediciones, que dispõe de guias especializados e todo material necessário para este tipo de excursão, inclusive rádios de comunicação via satélite para solucionar rapidamente qualquer tipo de emergência que possa acontecer.

Uma das coisas mais legais no Trekking de Guatín é que geralmente esta caminhada é feita de forma privativa ou em grupos de poucas pessoas, o que deixa ainda mais divertido o trajeto devido a grande atenção dedicada pelos guias que fazem questão de ajudar com dicas, muitas histórias e curiosidades sobre a região. Neste dia nosso instrutor foi o Mike.

O tour se inicia às 8:00 quando o pessoal da agência passa na hospedagem dos participantes. A volta geralmente se dá depois das 14:00. O preço do passeio é CLP 95.000 (cerca de R$ 440,00 em 03/2017) e nas Termas de Puritama é cobrado aquele ingresso que existe em praticamente todos os parques no Deserto do Atacama, neste caso CLP 15.000 (cerca de R$ 70,00 em 03/2017). No valor estão incluídos todos os snacks oferecidos durante o tour, água, isotônico, almoço com vinho e cerveja e roupões de banho nas termas.

Por tempo limitado quem reservar qualquer tour com a Ayllu Expediciones através do email [email protected] informando que leu este post ganhará 30% de desconto.

Como em outros trekkings a dica é vestir-se adequadamente, neste caso com roupas confortáveis e em camadas para ir tirando no caminho. Quando chegamos ao ponto de início estava 6°C, mas durante o percurso vai esquentando bastante, quando finalizamos já estava 28°C.

Recomendamos levar uma mochila para a câmera fotográfica, celular e principalmente para guardar os casacos, não esqueça também do boné ou chapéu, óculos de sol, um calçado adequado para caminhadas e roupa de banho porque você vai desejar muito se jogar nas piscinas de água quente ao final da aventura.

A Ayllu dispõe de bastões para auxiliar nas subidas e descidas, utilize pelo menos um, mesmo sendo um trekking de nível fácil você sentirá a diferença. Aproveite todas as dicas do seu guia e pergunte sempre que surgirem dúvidas.

Depois das orientações iniciais é só curtir o visual incrível do cânion, respirar fundo e iniciar o percurso com calma. Observe que nas fotos abaixo, quase sempre, aparecemos bem pequenininhos, utilize o post como aqueles livros “Where’s Waldo”.

A trilha começa sem muitos obstáculos, mas cheia de exemplares típicos da biodiversidade do Atacama como a floresta de Colas de Zorro (também conhecidas como Rabo de Raposa), a folhagem chilena que lembra “trigos” gigantes, e os cactus centenários, geralmente localizados nas partes altas dos paredões.

No início o cansaço é maior devido a altitude, ao terreno acidentado e a curiosidade em conhecer cada pedacinho de chão, portanto o ritmo do grupo é lento. Depois o corpo vai se acostumando e a paisagem se repetido, deixando o ritmo muito mais consistente.

Aproveite para admirar a paisagem macro, as formações rochosas e até mesmo os vestígios arqueológicos como os refúgios de habitantes antigos de Guatín.

Este é um dos poucos lugares onde você vai presenciar água corrente no deserto do Atacama. A água é quente e rápida, em alguns pontos pequenas cachoeiras são formadas criando o ambiente ideal para se lavar o rosto e tirar um pouco do suor.

Muitas histórias interessantes sobre este cânion são contadas, a importância da água no Atacama é óbvia e um lugar assim é valioso, mas talvez o momento mais importante foi quando os incas utilizaram esta trilha para fugir da dominação dos espanhóis que havia começado pelo Peru, salvando muitas vidas naquele período.

Durante todo o trekking nosso guia Mike estava em contato permanente com a equipe de apoio da Ayllu Expediciones para passar nossa localização, desta forma podíamos seguir sempre em segurança e aproveitar ao máximo o caminho.

Depois de quase 2 horas de caminhada eis que avistamos os primeiros vestígios das construções das Termas de Puritama em meio às Colas de Zorro.

A atração tem uma excelente infraestrutura com vários decks em madeira interligando as 8 piscinas naturais, os banheiros e as áreas de lazer.

Este “spa relaxante em um vale montanhoso” fica a cerca de 30 quilômetros ao norte de San Pedro de Atacama e pode ser visitado em tours regulares, sem o trekking. Neste caso a Ayllu oferece o passeio por CLP 55.000 com almoço incluído (cerca de R$ 255,00 em 03/2017).

Um banho em águas correntes brotando à 33°C em meio ao deserto mais árido do mundo é uma experiência inesquecível que rejuvenesce o corpo e a alma.

Este é o descanso esperado depois do Trekking de Guatín, o visual é pitoresco, encanta pela beleza rústica preservada, rapidamente todos estávamos de roupa de banho e nos juntamos aos turistas e locais para aproveitar ao máximo este oásis.

Enquanto relaxávamos nas “águas calientes” e aproveitávamos o visual o chef da Ayllu preparava o almoço e os petiscos para quem havia chegado mais cedo. Várias opções são servidas, inclusive itens sem carne e sem glúten. Caso você tenha alguma restrição alimentar basta avisar à agência com antecedência.

A vontade é de não sair das piscinas, mas com tanta animação do povo, vinho e cerveja sendo servidos “sem restrições” é hora de vestir os confortáveis roupões, experimentar o ceviche fresco e confraternizar com os novos amigos.

As refeições servidas foram de alto nível, por um momento esquecemos que estávamos em uma das regiões mais remotas e inacessíveis do planeta e nos “teleportamos” a um bom restaurante de comida típica de Santiago.

Para visitar as Termas de Puritama não é necessário contratar um tour, quem está com carro alugado pode utilizar o estacionamento que fica no topo do morro e descer a pé até as piscinas, pagando somente a entrada ao parque, neste caso leve um lanche e muita água gelada.

A nossa experiência no Trekking de Guatín e Termas de Puritama foi uma das atividades mais legais no Deserto do Atacama, recomendamos a todos que desejam um contato mais intimo com a natureza, uma maior imersão na região e principalmente àqueles que gostam de superar desafios e sair dos roteiros básicos.

Não perca todas nossas matérias sobre o Atacama neste link: comerdormirviajar.com/tag/atacama

Você encontrará nossas fotos no instagram.com/comerdormirviajar
Para ver tudo o que postamos sobre o Atacama basta buscar pela tag #CDVTripAtacama

Ayllu Expediciones
Calle Toconao, 479
San Pedro De Atacama
Deserto do Atacama – Chile
+56 55 2 592781
www.ayllu.cl

Mais uma aventura incrível em nosso álbum: Mãos Pelo Mundo.

Comentários pelo Facebook
728x90

1 COMENTÁRIO

  1. Adorei o seu blog e penso como você. Ainda não fiz as viagens que você fez, mas de pouquinho em pouquinho chego lá. E tenho uma vantagem maravilhosa: minha filha sempre viaja comigo e isso é muito bom!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here